Portal Eng. Solar

Pull Out Test

POT (Definição)

O ensaio Pull Out Test é um dos métodos mais utilizados e adequados para a definição das fundações de uma usina. As cargas de ensaio são obtidas a partir das combinações críticas de esforços de vento somados à carga permanente da estrutura.

O Pull out Test é o teste aplicado a estrutura para testar sua capacidade de resistência a esforços submetidos em três sentidos sendo eles: o Esforço lateral ou horizontal, podendo esse ser aplicado em dois sentidos, leste e oeste por exemplo, isso a depender do fornecedor de estrutura e seu procedimento, outros sentidos de aplicação são os esforços axiais positivo (compressão) e negativo (tração).

A melhor Instalação e Tecnologia

Usamos tecnologia de ponta e profissionais especializados em Test Pull Out

O Melhor Custo Benefício

Tenha o melhor custo benefício e o menor prazo de execução da sua obra.

Obra limpa e sustentável

Sem resíduos de escavação e nem sobras excessivas de concreto e aço.

Saiba Mais

Ensaios de Arrancamento (Pull Out Test)

Cada fornecedor de estrutura (Tracker) possui seu procedimento para aplicação dos ensaios de Pull Out Test. Nele estão as cotas ideais, progressão de cargas a serem aplicadas, tempo para execução, níveis de saturação e métodos de reforço estrutural caso seja necessário, tudo isso compõe o cálculo de dimensionamento de uma Usina Fotovoltaica.

Vamos entender a importância da simulação de cada esforço aplicado na estrutura afim de compor o cálculo de dimensionamento para uma Usina fotovoltaica seja ela de Geração Distribuída (GD) ou Geração Centralizada (GC).

A Portal Eng. Solar realiza o Ensaio de Arrancamento (Pull Out Test) em todo o Brasil. Com sua experiência e foco na qualidade, possui equipes especializadas, materiais e maquinários com tecnologia de ponta e certificados, seguindo as devidas normas exigidas referente às diretrizes do ensaio.

Objetivo do Ensaio de Arrancamento (Pull Out Test):

Tendo como o principal enfoque a área de energia solar (para parques de energia solar), o ensaio de arrancamento consiste na aplicação de esforços axiais e horizontais, com solo seco e saturado, para uma melhor assertividade da avaliação geotécnica.

Com os resultados do Pull Out Test tem-se um melhor dimensionamento das estruturas que serão utilizadas para a implantação de usinas fotovoltaicas, assegurando a confiança na condição de serviço dos aparelhos.

Teste Lateral ou Horizontal

Como o próprio nome já diz é o teste aplicado no vetor horizontal, que simula os esforços que a estrutura será submetida após conclusão de montagem e início da fase operacional de um Tracker.

O Test horizontal Lateral Load test., simula as condições em que a estrutura é submetida os esforços causados principalmente pela resistência à passagem de vento quando os módulos fotovoltaicos estão fora da posição de Stoll, ou seja, em ângulo que ofereça maior atrito.

O teste também contempla a interpretação de movimentações da estrutura, torções e deflexões por exemplo, estas movimentações são esperadas dentro do limite elástico em que uma estrutura se movimenta ou deforma e retorna à posição inicial sem danos estruturais.

Entender o comportamento da estrutura submetida a esse vetor de esforço evitara danos ou mesmo colapso do mecanismo operacional, levando ao tombamento ou torções ao longo do Tracker.

Teste Axial Negativo ou Teste de Compressão

Neste teste temos outros dois vetores atuando em sentidos opostos gerando um esforço de compressão, essa soma vetorial vem da sustentação do solo combinado ao esforço vertical compressivo.

O teste de compressão, simula as condição de carga quando o peso da estrutura instalada necessita de sustentação do solo, estando ela em Stoll e quando a estrutura é forçada no sentido contra o solo, quando os módulos estão em ângulo que ofereça resistência a passagem de vento, no fenômeno de down force, nesta simulação de esforço após o embutimento da estrutura no solo em cota de projeto, as cargas são aplicadas com auxílio de prensa hidráulica devidamente ancorada, dinamômetro Push/Pull, e relógio comparador.

Entender o comportamento da estrutura submetida a esse esforço axial, dimensiona as possibilidades de evitar danos no mecanismo operacional de um Tracker causado por colapso do solo podendo progredir para um evento chamado recalque estrutural, que é o afundamento da estrutura podendo ocorrer em pontos específicos ou em toda área do empreendimento.

Teste Axial Positivo ou Teste de Tração

Neste teste temos o vetor de força atuando na forma tração de arrancamento ou Up Load Force combinado à sustentação do solo que promove atrito ao longo do eixo longitudinal da estrutura, gerando assim resistência ao arrancamento Lifting.

O teste de tração vertical simula as condições em que a estrutura instalada precisa ter sustentação aos esforços de empuxo gerado através do vento combinado à resistência aerodinâmica produzida pelo modulo fotovoltaico em um ângulo agudo.

Nesta simulação de esforço vertical de tração Up Load Force, após o embutimento da estrutura no solo em cota de projeto, as cargas são aplicadas com auxilio de uma talha manual fixada ao equipamento de ração, dinamômetro Push/Pull para obtenção da força aplicada e relógio comparador para as leituras do deslocamento.

Entender o comportamento da estrutura submetida a esse tipo de esforço, dimensiona as possibilidades de evitar danos ao mecanismo operacional bem como o risco de arrancamento e/ou tombamento da estrutura por colapso do solo.

Norma de referência para a realização do Ensaio de Arrancamento (Pull Out Test):

As diretrizes estabelecidas para a realização do Pull Out Test, estão contidas nas normas americanas ASTM D3689 para a capacidade de resistência ao arrancamento, bem como a ASTM D3966 para a capacidade de esforço lateral.

Área de Atuação da Portal Engenharia Solar:

Como funciona o Test Pull Out?

O Teste de Pull Out é realizado inserindo um dispositivo de ensaio no material que está sendo avaliado. Esse dispositivo é então submetido a uma força de tração crescente, que é gradualmente aplicada até que ocorra a falha ou a ruptura da aderência entre o material e o dispositivo de ensaio. Durante o teste, são medidos parâmetros como a carga máxima alcançada, o deslocamento e a taxa de carregamento, que fornecem informações valiosas sobre a resistência e a qualidade do material.

Existem diversas aplicações para o Teste de Pull Out na indústria da construção. Por exemplo, no caso de estruturas de concreto armado, o ensaio é utilizado para determinar a resistência da aderência entre o concreto e as barras de aço de reforço. Isso é essencial para garantir a segurança e a estabilidade da estrutura, uma vez que a aderência adequada entre esses materiais evita o deslizamento ou o desprendimento prematuro das barras.

Além disso, o Teste de Pull Out também é aplicado em sistemas de ancoragem, como chumbadores e parafusos. Esses elementos são utilizados para fixar objetos pesados ou estruturas em superfícies de concreto, e a resistência à tração é um fator crucial para garantir a segurança e a durabilidade dessas fixações.

O Teste de Pull Out da Portal Eng. Solar permite avaliar a capacidade de carga e a aderência desses sistemas de ancoragem, auxiliando no projeto e na seleção dos elementos adequados para cada aplicação específica. Assim, o Teste de Pull Out desempenha um papel fundamental na engenharia civil e na indústria da construção, fornecendo informações cruciais sobre a resistência à tração e aderência dos materiais. Essa técnica permite avaliar a qualidade e a segurança das fixações estruturais, contribuindo para a construção de edificações sólidas e duradouras.

Somos um empresa dedicada a prestação de serviços de fundações para implantação de usinas fotovoltaicas. Nossa empresa presta serviços de Medição da Resistividade e Determinação da Estratificação do Solo em todo o Brasil.

Quer saber mais sobre

Ensaio Pull Out Test (POT)?

Para qualquer informação, dúvida ou comentário, envie uma mensagem e entraremos em contato

Entrar em contato

Av. Dep. Esteves Rodrigues, 496 – João Gordo,
Montes Claros/MG, CEP: 39400-616